Reflexão de Sri Prem Baba sobre a temporada da Índia

IMG_3930B_copy


Amado Sangha! Alegrias!

Estamos iniciando a organização da nossa próxima temporada na Índia, que terá início por volta do dia 15 de dezembro e se encerrará no dia 13 de abril de 2014. Como de costume, estaremos em Rishikesh a maior parte do tempo, mas também estamos estudando a possibilidade de realizarmos mais um retiro de silêncio em Varanasi (de 15 a 28 de fevereiro). Caso o retiro aconteça, você receberá um comunicado específico sobre este assunto.

Por tudo isso, quero aproveitar o momento para promover uma reflexão sobre este tema que é tão vital para todos nós: Temporada na Índia.

É muito natural que, sendo meu devoto ou discípulo, você queira ficar o máximo de tempo possível comigo. E como o trabalho no ocidente acontece na forma de intensivos e encontros esporádicos (não somente porque não estou disponível em um só lugar, mas também por conta da sua própria rotina de trabalho), acabamos tendo poucas chances de estarmos juntos fisicamente.

Então, é na Índia que você tem a oportunidade de receber o darshan diariamente e de aprofundar no estudo de si mesmo. Ao mesmo tempo, muitos daqueles que se permitem passar a temporada inteira comigo, enfrentam sérias dificuldades ao regressarem, principalmente no que diz respeito ao trabalho e às finanças. Isso acontece porque nem sempre é tão simples equilibrar as “férias” prolongadas com as demandas e necessidades do seu trabalho na Matrix. No entanto, um dos pontos centrais do trabalho espiritual que estamos realizando é justamente harmonizar o espírito com a matéria.

Muitos acreditam que é só confiar que tudo se resolve, mas se esquecem de um ensinamento básico: Confie em Deus, mas tranque a porta do seu carro, ou seja, confie, mas faça a sua parte.

Assim, eu proponho que você faça uso da sabedoria, estudando com o seu coração e com a sua razão, quanto tempo você realmente pode estar na Índia, sem que isso atrapalhe o seu movimento no mundo.

Certa vez, durante um discurso, eu disse para os meus discípulos que, na medida do possível, procurassem estar na minha presença física durante pelo menos algumas semanas por ano, pois isso seria o suficiente para ativar os conteúdos que seriam processados durante o ano. Isso quer dizer que, se você pode estar comigo durante quatro meses, ótimo; mas se pode estar comigo por 15 dias, ótimo também. O que eu não quero é que você faça dívidas e se complique financeiramente para estar na Índia durante o período completo da temporada.

É claro que, para muitos, essa mensagem é desnecessária, pois já estão maduros o suficiente para tomar suas próprias decisões. Mas, por ver tanta gente, ao longo do ano, sofrendo desnecessariamente pela simples falta de planejamento, eu decidi propor essa reflexão.

De qualquer maneira, ficando 15 dias ou 4 meses, você é muito bem vindo.

Em breve, você receberá as informações necessárias e as sugestões de planos de viagem, como costumamos fazer normalmente para facilitar suas decisões. Estamos preparando um informativo que, em poucos dias, será enviado para você e publicado no nosso site. Ao receber esse informativo, peço que você comece a seu planejamento e, assim que possível nos responda falando sobre o seu plano. Digo isso porque temos limite de lugares e porque também para nós é importante fazermos um bom planejamento prévio, de forma que possamos estar preparados para receber a todos os interessados.

Com amor e bênçãos,
Prem Baba